Empresas terão que informar CAGED sobre exame toxicológico de motoristas

Informativo

O ministério do Trabalho , através da portaria nº 945, passa a exigir,a partir de 13/09/2017, que as empresas informem  ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados(CAGED) sobre a realização de exame toxicológico em motoristas profissionais admitidos e demitidos.

O procedimento já era exigido pelos parágrafos 6º e 7º do artigo 168 da consolidação das Leis do Trabalho(CLT) e, segundo o ministério , o objetivo da portaria é  “conferir mais efetividade ao cumprimento” da legislação vigente. O empregador terá de informar ao CAGED a data do exame,o CNPJ do Laboratório ,a unidade federativa do conselho regional de medicina e o nº do CRM do médico.

 

Os exames deverão  ser custeados pelas empresas e a regra vale tanto para motoristas de carro pequeno e médio porte , quanto de ônibus urbanos,metropolitanos e rodoviários e de cargas em geral. A portaria assegura o direito a contraprova, em caso de resultado positivo, e a confidencialidade dos resultados.

Os exames só poderão ser realizados em laboratórios acreditados pelo Instituto Nacional de Metrologia ,Qualidade e Tecnologia(INMETRO) ou pelo CAP-FTD(acreditação forense para exames toxicológicos de larga janela de detecção do colégio americano de patologia)

A exigência da Portaria e o seu descumprimento tornará as empresas inadimplentes junto ao Ministério do Trabalho e podem sofrer multas previstas em Lei.

DOU(Diário Oficial da União) 03/08/2017 nº 148, seção 1, pág:130)

https://caged.maisemprego.mte.gov.br/portalcaged

CBO´s  para as Funções  que serão exigidos exames toxicológicos:

782310, 782320, 782405, 782410, 782415, 782505, 782510, 782515.

EXAME TOXICOLÓGICO

Categoria: C,D e E

A lei 13.103 de 2015 e a portaria 116 do Ministério do Trabalho exigem a realização de exames toxicológicos, a partir de março de 2016 para admissão e demissão nas empresas e nas emissões de CNH´s. A

 

Empresas terão que informar CAGED sobre exame toxicológico de motoristas
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *